o texto de comédia que faz rir

O que Dom Quixote, O Grande Mentecapto, Baldolino tem em comum é provocar o riso no leitor

O texto de comédia

Uma das sensações mais maravilhosas é dar risada. É o escape do fim de semana, ou do fim do dia, para se esquecer do tumulto de situações que se vive na rotina. Então saímos com bons amigos, assistimos a uma série de comédia como The Big Bang Theory, filmes, sketches em stories curtos e criativos. Queremos esse escape satisfatório, e uma grande maneira é ler, mas ler textos engraçados.

Dom Quixote – Miguel de Cervantes

Dom Quixote de La Mancha é um deboche do escritor às novelas de cavalaria da idade média. Enquanto a Inglaterra escrevia o exuberante Rei Arthur e os cavaleiros da Távola Redonda, Cervantes escreve sobre um rico com querenças de ser herói, viciado nesses romances heroicos, e decide viver suas próprias aventuras junto ao seu ajudante, Sancho Pança, seu lado para a sanidade que se fora faz tempo. Embora aja trechos hilários, a leitor iniciante talvez tenha certa dificuldade com o texto a respeito da estrutura que é contada. Dom Quixote é um livro extenso e cheio de aventuras. Boa trajetória pela Espanha.

Baldolino – Humberto Eco

Talvez você já tenha escutado sobre O Nome da Rosa, filme estrelado por Sean Connery. O filme foi baseado no romance de Humberto Eco, que era um professor da Universidade de Bolonha na Itália. Ele era um especialista em história medieval, e muitos dos seus livros estão baseados em ideias históricas, como O nome da Rosa, e o livro indicado – Baldolino.  

Baldolino é um romance histórico baseado entre 1152 a 1240 que conta as aventuras desse personagem Jacônico inventado e inserido na história real de Frederico I, o barba ruíva, entre a invasão de Constantinopla (atual Istambul – Turquia) pelas cruzadas. Há uma grande tiração de sarro a respeito do santo Graal – um copo de madeira limpo por cuspe que serviria como relíquia, e a grande viagem da descoberta do Paraíso Terrestre numa terra plana (que nunca foi plana). A verdadeira viagem psicodélica do personagem. Vale a pena suas presepadas.

O Grande Mentecapto – Fernando Sabino

Mais próximo de nós brasileiros não há. Fernando Sabino é um escritor brasileiro criador de obras como o Menino do Espelho, O Encontro Marcado, e a obra adaptada também para o cinema e protagonizado por Diogo Vilela, O Grande Mentecapto é a aventura de um quase Mister Bean chamado Geraldo Viramundo, andando por cidades de Minas e trazendo confusões por onde passa. A obra contém uma leitura saborosa e uma linguagem flexível.

O Texto de Comédia

Textos de comédia concentram diálogos inteligentes e faz a obra andar. É uma velocidade mental que o escritor/comediante possui e não empaca em descrições desnecessárias. O Auto da Compadecida, Chaves, Chapolim, embora sejam televisivas, são exemplos desses diálogos incríveis que ficam na mente das pessoas pois as figuras de linguagem funcionam.  E viva o riso.

REDATORA

Vandressa Holanda Gefali

Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
WhatsApp